Receita de búrgueres de beringela para esta Segunda-feira Sem Carne

Ultimamente, coincidência ou não, nos grupos do Facebook de Veganos e Vegetarianos são muitos os membros a pedir receitas com beringela.
Sabias que a Beringela é originária da Índia e que pertence à mesma família do pimento?🤔 E que é rica em proteínas, vitaminas (A, B1, B2, B5, C), minerais (cálcio, fósforo, ferro, potássio, magnésio) e alcaloides?
Pois é! E a beringela é ainda muito digestiva, nutritiva e laxante.

Por isso, para esta “Segunda-feira sem carne” decidi trazer uma receita de Búrgueres de Beringela. São saborosos, saciam, são fáceis de fazer e são também #crueltyfree e sem glúten!

Na hora de ires às compras de Beringelas, escolha as mais firmes, de cor brilhante e uniforme e sem perfurações ou machucados na casca.

Para retirar o sabor amargo que a caracteriza depois de cortada, deixa-a picada de molho em água com sal por cerca de 15 minutos e / ou marina-a em sumo de limão.

Ingredientes de que vais precisar:

  1. 150 g | 1 beringela média* cortada em cubos pequenos – um legume clássico da cozinha mediterrânica, cheio de sabor e excelente para a saúde
  2. 100gr de millet – importante para manter o hambúrguer compacto (eu uso o da Próvida que está disponível na Clorofila);
  3. cerca de 100gr de grão-de-bico – trago da Clorofila o da Próvida que coloco a demolhar com antecedência e cozo, mas podes também usar em lata (caso seja uma pressa);
  4. cerca de 200 ml de água;
  5. Raspa de 1/2 lima ou limão pequeno;
  6. 2 colheres de sopa de sumo de lima ou limão;
  7. 2 colheres de sopa de farinha de arroz – uso a que tem a Clorofila da Próvida – ou outra farinha sem glúten (é uma boa altura para usarem a Okara que têm vindo a guardar no congelador das bebidas vegetais caseiras )
  8. azeite – eu uso o da OliveEmotion;
  9. condimentos a gosto – cominhos e ervas aromáticas, para um sabor fresco e mediterrânico, são um exemplo;
  10. panela para o millet;
  11. frigideira grande anti-aderente – uso da Tefal disponível na Casa Myzé
  12. tigela grande;
  13. processador de alimentos / liquidificador – uso da Moulinex disponível na Casa Myzé

O sal é opcional. Eu não uso sal nas minhas receitas, uma vez que o substituo por especiarias.

Modo de preparação:

  1. Coloque o millet numa panela com água a ferver. No caso de usar placa de cozinha vitrocerâmica, desligue e deixe ficar no calor da resistência; se não, reduza o lume, tampe a panela e deixe cozinhar até que o millet esteja cozido (aproximadamente 15 minutos). Mexa com um garfo, para soltar os grãos e reserve.
  2. Enquanto isso, deite um fio delicado e curto de azeite suficiente para tornar brilhante o fundo da frigideira grande anti-aderente em lume médio-alto, adicione a beringela e cozinhe até ficar dourada (cerca de 10 minutos).
  3. Numa tigela grande, misture o millet com as ervas aromáticas, a pimenta e o sumo e as raspas.
  4. Triture o grão-de-bico num processador de alimentos. Transfira para a tigela grande com o millet e as ervas. Adicione a beringela, sal, cominhos e farinha e misture bem com as mãos até obter uma pasta homogénea.
  5. Divida a mistura em 4 partes iguais e forme búrgueres com as mãos.
  6. Unte novamente como no passo 2. o fundo da frigideira. Coloque os búrgueres e cozinhe até obter uma crosta dourada (cerca de 5 a 6 minutos). De seguida, vire e deixe cozinhar o outro lado até dourar.
  7. Estão prontos a servir!

Búrguer é búrguer e, para mim, pede batata frita! Eu faço “fake fries” na Actifry – um produto também disponível na Casa Myzé e que recomendo pois vale a pena o investimento pelo bem que faz à saúde física e mental (por permitir comer de forma saudável alimentos que normalmente estão proibidos, como os fritos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.