Notícias do ciclismo nacional sem prazo de validade

Durante as últimas semanas a Volta a Portugal alegrou os dias dos portugueses. Aficionados, ou nem por isso, Portugal esteve à Volta da festa sobre rodas!

A Volta deu que falar (e muito) ainda antes de sair à rua devido ao caso da perda da licença desportiva da W52 – FC Porto. Faltou a equipa e faltaram os adeptos acérrimos a engrandecer a moldura humana que nos habituamos a ver a acompanhar a caravana.

Diz o povo que “enquanto os cães ladram, a caravana passa”. Passou a Volta, sempre adorada; mas, enquanto passavam as bicicletas, totalmente despercebidas passaram (uma vez mais) importantes decisões da Federação Portuguesa de Ciclismo tomadas em sede muito própria. Primeiro, decidiram em pelouro apropriado que Portugal não usaria as vagas totais disponíveis que os atletas haviam conquistado e que não compareceria ao Tour de l’Avenir.

No ciclismo, é necessário que as nações obtenham os seus pontos UCI pela classificação dos atletas para o melhor posicionamento no ranking e, consequentemente,  conquistar o número de vagas para provas futuras. Devido à sua posição nesse mesmo ranking, Portugal tinha direito a levar seis ciclistas à prova de fundo masculina.

Porque não se decidiu ocupar as vagas?

Imagine que conquistou pontos para uma refeição grátis, mas não sabe se terá à sua disposição o seu prato preferido e, por isso, decide não comer à pala!

Em termos “ciclísticos” poderá dizer-se que o percurso era para sprinters, que não assentava tão bem nas características dos ciclistas portugueses, etc. A questão é: vamos educar para só se participar para o pódio? Ainda mais quando esse direito de participação foi conquistado por um grupo que beneficia privilegiados! Dos seis apenas um competiu!

Do lado feminino, o ranking de Portugal permitia a participação de duas ciclistas na prova de fundo. Participamos com uma.

Nos contrarrelógios, nenhum atleta foi inscrito por parte de Portugal.

“Olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço!” Dizem eles que apostamos na formação! Que o ciclismo está a ser pautado por uma nova ideologia! Que temos, mais do que nunca, valores altos a guiar o ciclismo!

Hum…

Perdeu-se mais uma oportunidade de demonstrar essa afirmada aposta na formação para ganhar experiência internacional na estrada! Também a nível de gestão de recursos financeiros, perdeu-se a oportunidade de eficientemente colocar os atletas deslocados em várias competições (como fez, só a título de exemplo, o Campeão Europeu Italiano – só o Campeão Europeu que pode correr na pista e na estrada no mesmo dia! Chapéu!).

Chegamos ao Tour de l’Avenir: a maior corrida por etapas para o pelotão Sub23, uma janela do talento do futuro, uma mostra de talentos que depois saltam para o pelotão World Tour. A luta por vagas para a presença na corrida é acesa e difícil. Em 2022, Portugal obteve os pontos necessários e estava qualificado para participar com seis atletas no Tour de l’Avenir! Mas não… Não havia apetite para tal banquete!

Contudo, não é só na estrada que a mesa é farta mas não se deixam lá participar os atletas! Também no BTT podemos ficar de máquina de calcular na mão à espera de uma equação que explique o que escapa à compreensão do “treinador de bancada”.

Anunciemos, então, o que vai dar que falar ao longo dos próximos dias e as notícias de fins de semana por vir com os Campeonatos do Mundo das diferentes vertentes do ciclismo! Claro que ainda não está o público inteiramente informado da comitiva nacional. Por isso, é esta uma boa oportunidade para si! Faça as suas apostas: Quem foi? Quem ficou de fora? E, claro, quais as medalhas e quais os campeões?

Artigo originalmente escrito para a minha colaboração mensal com Tempo de Jogo relativa a agosto’22.

Casa Myzé Team / BM High Performed Train / Casa Myzé / Blackjack – High Performance Wheels / Deed Bikes / Oriente No Porto restaurante vegetariano / Shimano Portugal / Michelin / Kroon-Oil Portugal  / Fisioterapeuta – Diogo Novais / ND Tuned / SC Vouga Ciclismo / / Lazer Helmets / Clorofila Medicina Natural Lda / Aluminium Nuno / Gosto Superior / / Soba Chá / Shine Superfoods / Elementar Cycles /

#ildapereiratleta #uci #mtb #wms #roclaissagais2019 #portugaltourmtb #laleyenda #laleyenda2018 #laleyenda2019 #brasilride #brasilride2018 #epicisrael #epicisrael2018 #rutapaternabtt2019 #muchmorethanarace #casamyzeteam #muchmorethanateam   #animalcrueltyfreerider #mountainbike #womenonbikes #allblackcc #thisiswhywerace #4islandmtb #rideshimano #shimanoportugal #borntopushlimits #scvougaciclismo #institutoleidaatração

#rocksprint #receitas #receita #cookies #red #velvet #gastronomia #fitness #portugal #comida #sweet #nature #design #instafood #delicious #travel #lisboa #love #dica #chocolate #interiordesign #food #cozinhar #festa #blue #art #comidadobem #bikini #sugar #green #decor

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.