Bolinhas Douradas

Gente linda, na story do meu Instagram (@ildacpspereira) vocês votaram, vocês pediram, e vou partilhar convosco a receita daquelas “bolinhas”!
Houve quem pedisse a receita dos “Sonhos” mas não foi, de todo, a minha intenção imitar os tradicionais Sonhos de Natal numa versão “eatclean”. Aliás, o meu objetivo foi, única e simplesmente, dar uso à Okara fica das bebidas vegetais caseiras que preparo. (encontram aqui as receitas para bebidas vegetais caseiras também no meu blog ). Por isso, vou chamar-lhes só de “Bolinhas Douradas“.

Como disse, a ideia foi aproveitar a Okara (que já estava guardada no frigorífico de 4,5 l de bebidas feitas), por isso, tudo foi feito a olho. Vou tentar ser metódica na “receita”.

Primeiro, coloquei o forno a aquecer a cerca de 200 ºC e preparei a grelha do centro para receber o tabuleiro.

Ingredientes:
Okara (não precisa de estar seca; basta que a espremas bem). A quantidade que usei encheu, aproximadamente, um recipiente para 500ml pelo que precisarás de colocá-la num recipiente para 1L para conseguires misturar bem todos os ingredientes;
– 1 colher de sobremesa de cocada de coco e 1 colher de sopa de cocada de gengibre (tenho estes ingredientes que vieram comigo da competição Brasil Ride e, consequentemente, estou a reaproveitá-los mas vocês podem facilmente substituir por igual porção de coco ralado e gengibre em pó ou 2 quadradinhos de gengibre cristalizado);
– 1 colher de sopa de Pancake Mix Amendoim Pepitas de Chocolate Shine;
– 1 colher de sobremesa de sementes Mistura para Saladas BIO Próvida ;
– 1 embalagem de Maçã Ácida Frutta Nature (amassei para conseguir pedacinhos crocantes);
– 20gr de frutos gordos;
– 1 fio bem generoso de mel.

Mistura todos os ingredientes de acordo com a ordem apresentada com a ajuda de um garfo.

É a hora de meter as mãos na massa! 😀
Com as mãos, espremendo, forma as bolinhas (mais ou menos tipo “almôndegas”) – não convém que sejam muito grandes, pelo tempo de cozedura, nem muito pequenas, para não ficarem secas.

Espalha as bolinhas pelo tabuleiro.
Eu não untem: coloquei diretamente no metal (no final, depois de desligares o forno, deixa-lo arrefecer sem retirares de lá as bolinhas e só tens de, com cuidado e ajuda de uma espátula, mexer as bolinhas do lugar e retirá-las).

Para as bolinhas se tornarem em “Bolinhas Douradas”, deitei um pingo de mel em cima de cada uma delas antes de metê-las no forno.

Quanto ao tempo no forno, bem, a verdade é que isso vai depender de cada forno e de cada tabuleiro. Em cerca de 30′ eu desliguei o forno e, tal como referi, deixei-as lá repousar até aquele arrefecer. Quando as bolinhas estavam a ficar douradas, retirei uma para avaliar a textura – sugiro que façam o mesmo.

A dose que preparei resultou num bom número de unidades. Não as coloquei no frigorífico: deixei-as ao ar.

Querem mais uma sugestão apetitosa? Quando, nos dias seguintes, as forem comer, se puderem, coloquem uns 15″ no microondas! Mham! Mham! 😛

Espero que gostem e partilhem comigo as vossas próprias “Bolinhas Douradas”. Podem partilhar no Instagram e no Facebook, identificando-me, por gentileza, e aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.