PORTUGAL TOUR MTB UCI S1 2018

João Fonseca Photographer

É sempre mais do que uma corrida, muito mais do que uma competição!
O que me apaixona pelo ciclismo? A verdade e o bem que descubro! É assim!

Vejamos, finalmente tive a oportunidade de participar no PORTUGAL MTB – um evento UCI S1 (por etapas em duplas), limitado ao máximo de 150 inscrições (num total de 300 atletas maiores de 19anos), que decorreu entre os dias 1 a 6 de maio de 2018, com mais percursos fantásticos.
Na minha opinião, todas as etapas foram de tal forma planeadas que a diversidade de paisagens, trilhos e terrenos permitiu uma experiência única, simultaneamente árdua e exigente para os atletas nacionais e internacionais, entre profissionais e amadores.

Eu fiz os trabalhos de casa. A minha dupla, Pilar Nuñez, também ela à espera da prova por cerca de uma época, fez os trabalhos de casa. Ambas nos preparamos com empenho, cumprimos ao milímetro os planos (de treino e de nutrição), não descoramos a mente e o descanso e, ainda assim, tudo pode escapar ao previsto e apelar a uma eficaz capacidade de improviso para superar os obstáculos! Por isso me apaixona o ciclismo: pelo “fio da navalha” que pauta o nosso desempenho. Só assim competimos e nos permitimos usufruir de 6 dias de puro MTB no nosso magnífico país.

Eu preparo-me para as provas. Como? Confiando! Confio no trabalho do treinador BM HIGH PERFORMED TRAIN que ha de planear os treinos de acordo com o calendário de provas e com os objetivos traçados para cada uma delas, pensando nos grandes momentos da época. Confio no PT Eduardo Novais que ha de saber acrescentar valor ao meu desenvolvimento e adaptações desportivas. Confio no FT Diogo Novais (mais conhecido por “o-meu-guru”) que me trata do corpo e da mente. Confio numa série de profissionais que estão nos bastidores, desde o Velofitsystem ao NDTuned, passando pelas Black Jack, pelo equipamento Cofides, pelo Diogo Cunha e pelo Oriente até à Casa Myzé – todos eles colocam o melhor de si para que tudo corra bem. E confio em mim! Para o Portugal MTB confiei também na minha dupla, Pilar Nuñez, nos seus e nos seus hábitos.

A verdade é que nos apresentamos “em sintonia” e com “ganas”! Fortes! Motivadas e, acima de tudo, destemidas! A cada véspera, à volta da pronta mesa de jantar, com simplicidade e afinco, preparamos cada perfil que viria no dia seguinte. Do prólogo até à última etapa, fomos capazes de, sob a pauta do DD Bruno Magalhães, as sugestões dos companheiros Jorge Padrones e Félix Marin, e o olhar fotográfico da Susan refletir sobre, desenhar e adaptarmo-nos às condições.

No total foram 6 dias de competição, aproximadamente 340kms percorridos, 9600m de desnível positivo acumulado, a cujas naturais dificuldades se sobrepôs a saúde: padecendo de asma alérgico (tal como eu) mas inadaptada a gerir em prova (dentro do que às vezes até se consegue gerir), a Pilar Nuñez mostrou-se uma valente. Logo na etapa 1 surgiram sintomas que lançaram o alarme mas foi na etapa de XCO que a situação mais se agravou, fazendo um inigualável esforço para não sairmos de corrida e, para complicar mais a situação, logo na primeira descida da última etapa, ela viria a sofrer uma aparatosa queda e tudo fez para não só terminar o PORTUGAL MTB como para não perdermos o 4º lugar entre as elites femininas que havíamos conquistado. Como dupla, também enquanto atleta mais experiente em situações de tenção e dor (física e mental), competiu-me colocar a minha amiga em prova, zelar para que se adaptasse, mantê-la focada e certa de que à sua espera teria os melhores cuidados – não foi fácil porque é um trabalho ingrato ver uma amiga com dor, a sangrar, e não lhe poder dizer “Está tudo bem! Para o ano voltamos outra vez e fazemos tudo!”. Tinha de lhe dizer “Toma um gel, respira fundo e calmamente, mantem, temos 20 minutos de diferença…”.

Como o faço? Como sigo na vida: com foco e determinação!
Ganhamos sempre! Quando se tem uma equipa como a nossa, ganhamos sempre! Conquistamos aquele 4º lugar nosso e os rapazes meteram-se no TOP 10 – ah, pois é! Team Casa Myzé #muchmorethanateam

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *